Como tornar a experiência do candidato mais feliz?
Blog

Como tornar a experiência do candidato mais feliz?

Tornar a experiência do candidato mais feliz está entre os desafios encontrados pelos setores de RH. Diferente do que se pensa, ela é bastante importante e faz parte da jornada do candidato pelos processos até a efetivação. Afinal, o melhor profissional para a vaga pode estar lá, contudo, uma experiência ruim pode fazê-lo optar por outra instituição.

Portanto, neste conteúdo decidimos contar tudo sobre a experiência do candidato, assim como a ela pode contribuir na busca pelo melhor profissional. Aqui contamos a importância dela durante o recrutamento e seleção das pessoas. Além disso, damos 4 dicas de como melhorar a experiência. Acompanhe.

 

Afinal, o que é experiência do candidato?

A experiência do candidato é definida como a jornada do indivíduo dentro do recrutamento e seleção de uma vaga de emprego. Vale destacar que o processo muitas vezes é longo. Dentre suas fases está sua inscrição para a vaga, dinâmicas, entrevista, contratação.

Além disso o processo posterior também faz parte da experiência. Ou seja, quando ele é, de fato, contratado. Assim como quando ele passa pelo processo de onboarding e integração.

 

Por que pensar na experiência do candidato é importante?

Pensar nela é um ponto importante durante o processo de recrutamento. Isso porque toda experiência do candidato impacta diretamente na percepção da marca. Sem contar que o processo ruim acaba por ser compartilhado pelo candidato muitas vezes para outras pessoas.

Além da marca, a experiência do candidato também pode afetar a rentabilidade e consequentemente a retenção dos bons profissionais na empresa. Portanto, torná-la incrível e inovadora é um ponto importante, visto que é a imagem da empresa que está em jogo neste caso.

Quando falamos de rentabilidade está justamente no consumo da marca pelos candidatos que tiveram uma experiência positiva. Ao ter esse processo positivo, ele e todos à sua volta tendem a ser influenciados a utilizar mais produtos da marca. Sem contar que, caso o processo seja negativo, a lealdade até o momento formada será levada para outra empresa.

Além disso, existe hoje uma relação bastante íntima entre a eficiência de um funil de recrutamento e a otimização do processo com os candidatos.

 

Quatro dicas de como tornar a experiência do candidato mais feliz e assertiva

Diante de todos os dados comentados acima, fica claro a importância de tornar a experiência do candidato mais feliz. Afinal, quanto melhor for a experiência, maiores serão as chances de garantir bons profissionais para vaga, assim como divulgar sua marca de forma bastante positiva organicamente.

Abaixo selecionamos quatro pontos que merecem atenção na hora de montar um processo e recrutamento e seleção. Modificá-los pode tornar a experiência do candidato mais feliz.

 

1)   Descrição do trabalho: se atente a ela

O primeiro passo com certeza é se atentar à descrição do trabalho. Muitas equipes de RH acabam por não prestar atenção a ela, o que na maioria das vezes também traz confusões aos candidatos, assim como candidaturas errôneas e, por consequência, frustração da pessoa.

Neste caso, fazer uma descrição da vaga adequada, correta e bastante clara é essencial, visto que ela transmite mais confiança e transparência por parte da empresa, pois todo o trabalho executado será descrito e assim ele não se sentirá enganado no futuro.

 

2)   Fortaleça sua marca empregadora

Outro ponto importante para a experiência do candidato é o fortalecimento da sua marca empregadora. Empresas que se destacam mais no cenário permitem potencializar seus resultados de recrutamento e seleção. Isso porque ao ser bastante lembrada no cenário de forma positiva, também acaba por ser mais atrativa.

Vale destacar que atualmente se vive um momento de “Guerra de Talentos”. As empresas estão precisando buscá-los ao invés dos mesmos virem até elas. Neste caso, fortalecer o RH para um processo mais estratégico e menos burocrático pode ser uma saída importante.

 

3)   Facilite a comunicação entre a empresa e candidato

A comunicação hoje é o ponto forte de uma experiência do candidato incrível. Portanto se atentar a esta ferramenta é essencial para garantir resultados positivos.

Um exemplo muito comum é a forma de preencher currículos, onde nem sempre a empresa possui uma página de carreira, assim como não facilita o processo de aplicação deixando-o moroso e extenso, resultando em muitas desistências.

A falta de feedbacks e transparência de forma geral também estão entre os problemas apontados por candidatos. Isso porque nem sempre o motivo de não passar para a próxima etapa é comentado. Ou seja, não permite que o candidato possa melhorar suas competências e aptidões para uma próxima oportunidade.

Criar uma comunicação clara, eficiência e transparente é essencial para o processo de experiência.

 

4)   Mostre o status de progresso da vaga

Mostrar o status do progresso da vaga também é um ponto importante. Infelizmente, menos de 40% das empresas fazem esse tipo de ação. O que interfere diretamente na experiência do candidato. Portanto, criar esse tipo de estratégia durante o recrutamento pode ser um diferencial. Além disso trazer tranquilidade aos candidatos para as etapas seguintes.

 

Agora que você já sabe como tornar a experiência do candidato mais feliz, talvez também goste de saber sobre:

Hard e Soft Skills: Qual a diferença entre elas?

Fit Cultural: O que é e por que é importante no processo do R&S?

Funcionário Temporário: Como contratar?

 

Ainda tem dúvidas de como melhorar a experiência do candidato?

Converse com uma equipe especializada na Future RH.