Metaverso no RH e seu impacto nas empresas
Blog

Metaverso no RH e seu impacto nas empresas

Com a tecnologia cada vez mais presente no mundo corporativo é impossível não falar também do Metaverso no RH. Afinal, quanto mais as empresas estão conectadas, maiores são as chances de proporcionar um ambiente ocupacional mais tecnológico e virtual, contudo, não é incomum vermos empresas em dúvidas sobre esse novo universo. Apesar de ter um papel interessante na aproximação de pessoas, assim como proporcionar experiências novas aos colaboradores de forma mais humana, o assunto ainda é um tanto debatido.

Para sanar de vez a dúvida sobre o que é o Metaverso no RH, assim como qual sua função e seu impacto na empresa, criamos esse conteúdo. Por aqui você entende melhor o conceito, assim como descobre o impacto da tecnologia na gestão de pessoas da sua empresa. Acompanhe.

 

O que é Metaverso no RH?

Primeiramente vale entender melhor o que é o Metaverso. Saiba que o mesmo se trata de um conceito criado em 1980, contudo, o termo só viralizou com mudança de nome da empresa norte-americana Facebook, a qual em 2021 decidiu trocar sua nomenclatura para Meta.

De forma geral podemos dizer que o Metaverso é uma realidade virtual, ou seja, as pessoas conseguem interagir com outras e viver uma experiência real, contudo, dentro de um ambiente simulado.

No RH, por sua vez, o termo Metaverso envolve uma mudança estrutural da empresa. Através do conceito é possível transformar tudo aquilo que antes acontecia de forma presencial para o universo digital. Neste caso estamos falando dos novos modelos de trabalho como o home-office, bem como todo o processo de recrutamento e seleção das organizações que podem acontecer via internet.

Hoje, por exemplo, já é possível usar ferramentas de gestão mais tecnológicas como softwares e aplicativos que simulam a inteligência humana, assim como trazer mais acessibilidade através das redes sociais e equipamentos, uma vez que as pessoas conseguem se comunicar por telas.

 

Qual a função do Metaverso no RH?

O Metaverso no RH tem a função de tornar o ambiente empresarial mais humano, isso porque com a chegada da crise sanitária nos últimos anos, não foram poucos os profissionais que ficaram em casa para preservar a saúde.

O novo modelo, por sua vez, permitiu que reuniões que antes aconteciam somente de forma presencial também pudessem acontecer de forma online, assim como as pessoas ficassem mais próximas mesmo em um período de isolamento.

Sua função também envolve a experiência do candidato no funil de contratação. Já falamos por aqui o quanto ela é importante para uma empresa, por exemplo. Sem contar o quanto a mesma impacta na marca empregadora da organização, dessa forma, o Metaverso pode trazer novas funcionalidades para a realidade virtual aplicada no processo.

Seu principal objetivo, portanto, é contribuir com a gestão de pessoas de modo a desburocratizá-la, assim como favorecer não só o processo de R&S, mas a gestão como um todo visto que quanto mais estratégico o RH da empresa for, mais resultados importantes de crescimento ele traz também.

 

A tecnologia e seus impactos na empresa

O Metaverso no RH, por sua vez, também traz um impacto significativo as empresas. O modelo já funciona muito bem no mundo dos games, o qual usa a realidade virtual para mudar a experiência do jogado, entretanto, com o avanço da tecnologia e o barateamento de aparelho, muitas empresas também estão aderindo esse tipo de tecnologia, o que vem modificando a qualidade de vida empresarial.

Dentre os principais impactos sentidos no mundo corporativo estão:

  • A melhora no entendimento da jornada do cliente;
  • Experiências novas e interessantes aos clientes e colaboradores;
  • Transição de um trabalho presencial para um modelo mais flexível e virtual.

 

O que muda na gestão de pessoas com a chegada do Metaverso nas empresas?

Por fim, não podemos deixar de ressaltar as mudanças que o Metaverso no RH pode trazer a gestão de pessoas de uma empresa. Como vimos acima, o ambiente simulado, a desburocratização e a humanização estão entre os benefícios da tecnologia.

Tudo isso acontece porque no RH o Metaverso pode permitir a inclusão de colaboradores com pouca mobilidade, por exemplo, assim como identificar a linguagem de libras de forma mais clara para colaboradores mudos ou surdos, por exemplo. A inovação tem grandes chances de tornar o ambiente de trabalho mais humano e proporcionar acolhimento.

Vale destacar que para os trabalhadores o Metaverso no RH poderá reduzir consideravelmente o sentimento de solidão, o que é bastante significativo visto que o sentimento acaba por afetar a produtividade e saúde mental do colaborador.

 

Gostou de saber mais sobre o Metaverso no RH e seu impacto? Então leia também:

5 impactos negativos de um processo seletivo falho

Employer Branding e Employer Experience: Entenda a diferença

Fit Cultural: O que é e por que é importante no processo do R&S?